Busque abaixo o que você precisa!

Convenções partidárias homologam candidatos a prefeito da Capital

A temporada das convenções partidárias já teve início em Fortaleza. A primeira aconteceu na última sexta-feira (22), quando o PSTU homologou o sindicalista Francisco Gonzaga como candidato a Prefeito da Capital Cearense.

Entre os demais candidatos a prefeito de Fortaleza, o próximo que deverá ser homologado é o deputado federal, Ronaldo Martins. No dia 30, o seu partido, o PRB fará sua convenção municipal, provavelmente com a presença do senador Marcelo Crivela (RJ), maior expoente da sigla no país.

No domingo, dia 31, haverá a maior concentração de convenções. Neste dia, o PSB deverá homologar o nome do deputado estadual, Heitor Férrer. O evento acontecerá no ginásio do Colégio Ari de Sá (Centro), a partir das 9 horas, com a presença de Marina Silva (Rede Sustentabilidade) que indicará o vice na chapa do socialista, o advogado Dimas Macedo.

Leia mais:Convenções partidárias homologam candidatos a prefeito da Capital

Maior partido de RC negocia com adversários

 

Ex-secretário de Camilo Santana, Adail acabou se afastando da base após trair o governador e votar pelo impeachment de Dilma Rousseff na Câmara

De volta ao comando do PP estadual por decisão da Justiça, o deputado federal Adail Carneiro disse que está disposto a negociar o apoio do partido com legendas da oposição. Em Fortaleza, o PP é a maior sigla da base do atual prefeito Roberto Cláudio (PDT). Dentro do PP, aliados do pedetista criticam postura de Adail e rejeitam apoio a qualquer nome da oposição.

Leia mais:Maior partido de RC negocia com adversários

Zé Gerardo Arruda volta à vida pública após 8 anos apoiando candidatura de Naumi Amorim

 

A deputado estadual Naumi Amorim (PMB), pré-candidato à Prefeitura de Caucaia, recebeu, nesta sexta-feira (22), o apoio de aliados dos grupos políticos do ex-governador Cid Gomes (PDT) e do senador Eunício Oliveira (PMDB), adversários na política cearense. Em evento realizado hoje, na sede do Sindicato dos Comerciários, em apoio à candidatura, o parlamentar contou com a presença do presidente nacional do PSD, o ministro das Comunicações Gilberto Kassab, que apresentou a chapa Naumi-Lívia à população de Caucaia.

Leia mais:Zé Gerardo Arruda volta à vida pública após 8 anos apoiando candidatura de Naumi Amorim

Apoio do PDT e PMDB fortalece candidatura de Naumi

O PDT, do grupo político dos Ferreira Gome, decidiu apoiar a candidatura do deputado estadual Naumi Amorim (PMB) para a prefeitura de Caucaia. Com isso, o partido desiste da candidatura própria do presidente municipal da sigla, Paulo Guerra. O ex-prefeito Zé Arruda, do PMDB, também abriu mão de ser candidato para ingressar na aliança o deputado estadual. Ele deve indicar a filha, Lívia Arruda, para vice.

Leia mais:Apoio do PDT e PMDB fortalece candidatura de Naumi

Nunca foi tão fácil detectar os cleptocandidatos - JOSIAS DE SOUZA

Vai começar em 16 de agosto um espetáculo político diferente: uma eleição municipal em que as contribuições de empresas privadas estão proibidas. Considerando-se a estatística repassada por João Santana a Sérgio Moro —“98% das campanhas no Brasil utilizam caixa dois”—, pode-se intuir que a verba que circula por baixo da mesa vai aumentar. Se esse dinheiro saísse do bolso dos candidatos ou das caixas registradoras que os apoiam, tudo bem. O diabo é que cada centavo tem uma única origem: os impostos que o eleitor entrega ao fisco.

Antônio Ermírio de Moraes costumava definir a política como “a arte de pedir recursos aos ricos, pedir votos aos pobres e mentir para ambos na sequência.” Nessa formulação, somente o político é vilão. O oligarca faz companhia ao desafortunado no papel de vítima dos políticos venais. Traído pelo destino, Ermírio morreu em agosto de 2014, cinco meses após a explosão da Lava Jato. Uma pena. Vivo, o mandachuva da Votorantim seria compelido a reformular sua tese.

Se o petrolão demonstrou alguma coisa é que a política no Brasil não passa de um conluio entre as oligarquias política e empresarial, para assaltar o eleitorado em dia com o fisco e usar parte do produto do roubo no financiamento da propaganda eleitoral que o fará de idiota. Quem não quiser passar por imbecil, deve tomar suas precauções. A primeira delas é fugir de candidatos marquetados. Sob pena de eleger a melhor encenação, não o melhor prefeito.

Leia mais:Nunca foi tão fácil detectar os cleptocandidatos - JOSIAS DE SOUZA

Compartilhe