Busque abaixo o que você precisa!

Checamos o discurso de Ciro Gomes em lançamento de candidatura

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) em convenção do partido

Por Gisele Barros, Luís Guilherme Julião e Marlen Couto

Ciro Gomes se lançou oficialmente como candidato à Presidência pelo PDT em Brasília nesta sexta-feira. Na convenção do partido, o presidenciável citou uma série de dados sobre a situação do país. Verificamos as declarações checáveis.

Leia mais:Checamos o discurso de Ciro Gomes em lançamento de candidatura

'Tempo de TV sinaliza ao eleitor qual candidato é mais competitivo'

Luiz Raatz, O Estado de S.Paulo

21 Julho 2018 | 05h00

A adesão em bloco do Centrão, formado por DEMPPPRSolidariedade PRB, à pré-candidatura de Geraldo Alckmindo PSDB à presidência nas eleições de 2018 deve aumentar sensivelmente o tempo de TV do tucano, o que, tem tese, deve ajudá-lo na corrida, apesar de seus números ainda tímidos nas pesquisas de intenção de voto.

Para o analista Hilton Cesário Fernandes, cientista político da Fundação Escola de Sociologia e Política (Fesp), a o tempo de TV ainda é a variável mais importante na campanha eleitoral. "O  tempo de TV passa para o eleitor uma mensagem de que aquele candidato é competitivo ou não", disse ele ao Estado. A seguir, trechos da entrevista:

Leia mais:'Tempo de TV sinaliza ao eleitor qual candidato é mais competitivo'

Fim das coligações proporcionais

Quase todos os 33 partidos em atividades plenas no Ceará irão fazer coligações proporcionais nas eleições deste ano, as últimas permitidas pela Legislação Eleitoral. A partir deste ano as coligações só poderão acontecer para as eleições majoritárias, de prefeito, governador e presidente da República.

O presidente estadual do PHS, Marcio Aurélio, diz que a legenda não tem “estrutura” para lançar “sozinho” uma chapa de candidatos a deputado federal e estadual, principalmente, quando existe uma cláusula de desempenho a ser superada. Segundo o dirigente, o partido vai “caminhar junto” com o Avante, comandado pelo deputado federal, Cabo Sabino, com quem ele diz ter uma relação muito próxima, além de outros partidos que estão em negociação.

Leia mais:Fim das coligações proporcionais

PDT oficializa Ciro Gomes como candidato à Presidência nas eleições 2018

Renan Truffi e Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

20 Julho 2018 | 14h08

BRASÍLIA - O PDT oficializou, nesta sexta-feira, 20, a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República nas eleições 2018 na sede do partido em Brasília. Diante da militância e sem a presença de dirigentes de outros partidos, Ciro não improvisou no discurso e continuou mandando sinais ao Centrão - pregando o rigor no ajuste fiscal, mudanças na segurança pública e um olhar para classe média. Ainda assim, ironizou as críticas recebidas por suas ideias econômicas e procurou enaltecer a figura de Leonel Brizola como referência de sua campanha.

Leia mais:PDT oficializa Ciro Gomes como candidato à Presidência nas eleições 2018

Partidos do 'Blocão' ficam mais perto do pré-candidato tucano Geraldo Alckmin

O pré-candidato a presidente da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, pode receber o apoio de sete partidos que integram o chamado “Blocão" (Democratas, Solidariedade, Progressistas, PRB, PR, PHS e Avante).

Juntos, esses partidos podem garantir ao tucano algo como 40% do tempo de televisão na propaganda eleitoral.

Leia mais:Partidos do 'Blocão' ficam mais perto do pré-candidato tucano Geraldo Alckmin

Compartilhe