Busque abaixo o que você precisa!

A hora da esperança

O Estado de S.Paulo

17 Junho 2018 | 03h00

As eleições de outubro são decisivas para o País e o cenário político é de muita incerteza. Faltam propostas e abundam demagogias e radicalismos. Diante disso, não é de estranhar que muita gente esteja apreensiva com o que poderá vir das urnas. A incógnita envolve até mesmo questões básicas, sobre as quais não deveria haver nenhuma dúvida, como, por exemplo, o compromisso com a responsabilidade fiscal. Junto ao clima de incerteza, nota-se também outro tipo de atitude, que pode ser muito prejudicial ao País: a desesperança. Já não se trata da clássica e natural dúvida em relação ao resultado das eleições. Tem-se um estado de espírito coletivo do qual sobressai a certeza de que, sejam quais forem as escolhas do eleitorado, tudo continuará exatamente como está. Ou ainda pior. 

Leia mais:A hora da esperança

Eleições 2018: veja quem são os prováveis candidatos a governador de Pernambuco

Igor Moraes, O Estado de S.Paulo

15 Junho 2018 | 11h04

Em outubro, Paulo Câmara deverá tentar garantir ao PSB o quarto mandato consecutivo do partido à frente do Governo de Pernambuco. Para conseguir a reeleição, no entanto, o governador terá de vencer pelo menos outros quatro nomes que neste momento são pré-candidatos ao Palácio do Campo das Princesas nas eleições 2018.

Leia mais:Eleições 2018: veja quem são os prováveis candidatos a governador de Pernambuco

13 partidos devem R$ 32 milhões de eleições passadas

sadora Peron e Thiago Faria / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

16 Junho 2018 | 18h16

Com menos recursos para uma nova campanha eleitoral, 13 dos 35 partidos políticos ainda têm de desembolsar recursos para pagar dívidas de disputas passadas. Ao todo, as legendas registram débitos que chegam a quase R$ 32 milhões. Os dados foram obtidos pelo Estado nas prestações de contas de 2017 enviadas pelos partidos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que incluem as dívidas de campanhas assumidas pelas legendas ao fim da eleição. 

Leia mais:13 partidos devem R$ 32 milhões de eleições passadas

Paraná: conheça os prováveis candidatos a governador nas eleições 2018

Igor Moraes, O Estado de S.Paulo

12 Junho 2018 | 11h37

Desde abril, quando Beto Richa renunciou ao cargo de governador do Paraná no final de seu segundo mandato para se candidatar ao Senado, o PSDB não definiu nenhum nome para concorrer ao Palácio Iguaçu nas eleições 2018.  Até o momento, os tucanos seguem sem pré-candidato próprio.

Leia mais:Paraná: conheça os prováveis candidatos a governador nas eleições 2018

Na Copa, presidenciáveis são estraga-prazeres

Começou a Copa do Mundo. Nas próximas semanas, a plateia, que já olha com má vontade para a política, tende a desligar a realidade da tomada. Enquanto a seleção brasileira estiver na disputa, Lula, Bolsonaro, Marina, Ciro e Alckmin farão parte de um time de estraga-prazeres. O recesso compulsório é uma oportunidade para que os candidatos reflitam sobre sua incapacidade de oferecer esperança aos brasileiros que planejam jogar o voto no lixo em outubro: 34% do eleitorado, segundo o Datafolha.

Leia mais:Na Copa, presidenciáveis são estraga-prazeres

Compartilhe