Busque abaixo o que você precisa!

Lula virou uma virtude com os glúteos na vitrine

Até agora, sem uma defesa técnica convincente, Lula vinha enfrentando seu calvário criminal acorrentado ao enredo-procissão. Nele, a divindade percorre sua via-crúcis, cabendo aos devotos gritar “amém” e denunciar os ímpios que tentam crucificar o político mais honesto que o espelho já conheceu. Mas a conversão do discípulo Antonio Palocci à Lava Jato fez de Lula uma espécie de virtude com os glúteos expostos na vitrine.

Leia mais:Lula virou uma virtude com os glúteos na vitrine

Metade dos brasileiros oscila entre um condenado e um defensor da ditadura

Quando olha para 2018, o eleitor brasileiro enxerga um enorme passado pela frente. Segundo o Datafolha, a preferência de metade do eleitorado (51%) oscila entre um condenado por corrupção e um defensor da ditadura militar. Lula, o sentenciado, lidera a sondagem com um percentual mínimo de 35%. Ele é seguido à distância por Jair Bolsonaro, o apologista da farda, que emerge da pesquisa com um piso de 16% das intenções de voto.

Leia mais:Metade dos brasileiros oscila entre um condenado e um defensor da ditadura 

Lula lidera cenários para 2018 mesmo após condenação, diz Datafolha

A um ano da eleição de 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mantém na liderança da corrida presidencial, com vantagem significativa sobre os principais adversários, segundo nova pesquisa do Datafolha. O petista, condenado em primeira instância pelo juiz Sergio Moro, tem pelo menos 35% das intenções de voto nos cenários testados.

Leia mais:Lula lidera cenários para 2018 mesmo após condenação, diz Datafolha

Datafolha: Após Moro, Palocci e recibos, cresce vantagem de Lula. Só idiotas se surpreendem

Folha traz pesquisa na edição deste domingo. Os tontos e as tontas ainda não perceberam que Lula já não tem mais nada a perder. Se perder a liberdade, há o risco, ainda assim, de ganhar...

Publicada: 30/09/2017 - 20:50

Lula em dois tempos: é preciso ser muito burro para não perceber que o da esquerda também pode ser muito perigoso. Concorrendo ou não. Dentro ou fora da cadeia

Só para lembrar, antes de tudo: no dia 17 de fevereiro escrevi a seguinte frase na coluna da Folha: “Se todos são iguais, Lula é melhor”. Eu advertir para o fato que de que a Lava Jato e a direita xucra estavam ressuscitando Lula como opção eleitoral.  Agora vamos seguir.

Existe o Xiririca da Serra Pesquisas. Já ouviu falar? Não? Você tem dinheiro? Encomende uma pesquisa a seu gosto, e o Xiririca da Serra Pesquisas oferece. O Xiririca da Serra Pesquisas pode até fazê-lo o homem ou mulher mais desejados do país, ainda que você esteja mais para Béla Lugosi no papel de vampiro ou para Dona Bela, da Escolinha do Professor Raimundo. O Xiririca da Serra Pesquisas vende tudo o que o seu dinheiro pode comprar, e isso inclui — by Nelson, aquele… — “o amor verdadeiro”.

Leia mais:Datafolha: Após Moro, Palocci e recibos, cresce vantagem de Lula. Só idiotas se surpreendem

Impasses no PSDB e PT afetam xadrez eleitoral em São Paulo

A indefinição das campanhas presidenciais do PSDBe do PT embaralha o xadrez eleitoral no Estado de São Paulo. Os dois partidos trabalham para definir seus candidatos, e seus principais aliados monitoram o cenário para bater o martelo sobre quem lançarão ou apoiarão ao governo paulista e ao Senado. No campo do PSDB, o rumo do prefeito paulistano, João Doria, é decisivo. Caso não saia candidato a presidente, mudará de partido? Disputará o governo? Com essas perguntas em mente, DEM, PSD e PSB rascunham estratégias.

Leia mais:Impasses no PSDB e PT afetam xadrez eleitoral em São Paulo

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES