Busque abaixo o que você precisa!

'Povo não tem que pagar Imposto de Renda sobre salário', afirma Lula

Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

18 Novembro 2017 | 16h02

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT à Presidência, disse neste sábado, 18, em Diadema, região do ABC, que “salário não é renda” e, portanto, o “povo” não deve pagar Imposto de Renda sobre seus vencimentos. Para o petista, a tributação deve recair sobre os “ricos”.

Leia mais:'Povo não tem que pagar Imposto de Renda sobre salário', afirma Lula

Políticos fundaram o MFP, Movimento Fora Povo

Os políticos brasileiros fundaram o MFP, Movimento Fora Povo. Todas as pesquisas de opinião informam que a corrupção está na lista dos problemas que mais inquietam o brasileiro. A Lava Jato animava a plateia com a perspectiva de igualar todos os transgressores perante a lei. De repente, o vendaval que ameaçava os corruptos foi substituído pela mesma velha brisa de sempre —a brisa da impunidade.

Leia mais:Políticos fundaram o MFP, Movimento Fora Povo

Adeus aos salvadores da Pátria

*Fernando Gabeira, O Estado de S.Paulo

17 Novembro 2017 | 03h02

De passagem pelo Brasil, um dirigente espanhol do Podemos, Rafael Mayoral, afirmou que a esquerda não vai salvar as pessoas e o essencial é fortalecer a sociedade para que ela possa controlar qualquer governo no poder. Não vi o restante do seu discurso. Mas até onde li, concordo. De certa forma, tenho usado esse argumento com novos grupos que querem a mudança no Brasil.

Leia mais:Adeus aos salvadores da Pátria

Para onde caminha a sucessão

O quadro sucessório brasileiro, a um ano da eleição, apresenta sinais de esquizofrenia latente por obra e força das circunstâncias. Do ambiente de degradação econômica, ainda predominante, ao vendaval de mazelas políticas, passando pela falta de melhores opções disponíveis, tudo é motivo para o flerte com alternativas radicais.

Leia mais:Para onde caminha a sucessão

FHC diz ter medo de Bolsonaro porque deputado 'tem a possibilidade de poder'

Cláudia Trevisan / CORRESPONDENTE, O Estado de S.Paulo

16 Novembro 2017 | 22h18

ctv-9uh-fhc-so-paulo
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso Foto: JF DIORIO/ESTADÃO

Washington - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta quinta-feira, 16, que não pode descartar a possibilidade de o Brasil repetir a experiência italiana depois da Operação Mãos Limpas e eleger um presidente de direita similar a Silvio Berlusconi na esteira da Lava Jato. Embora não tenha citado nomes, ele deixou claro que considera o deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a principal ameaça nas eleições do próximo ano.

Leia mais:FHC diz ter medo de Bolsonaro porque deputado 'tem a possibilidade de poder'

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES