Busque abaixo o que você precisa!

‘Torpezas e vilezas’

Eliane Cantanhêde, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2017 | 03h00

O confronto entre o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, virou uma guerra desde que o PMDB sabotou as articulações do DEM para atrair deputados do PSB e Maia aderiu ao vale-tudo. Não só jantou com os piores inimigos de Temer no PMDB, como Renan Calheiros e Kátia Abreu, como agora é acusado de postar no site oficial da Câmara as acusações frontais do “operador” Lúcio Funaro contra o presidente da República.

Leia mais:‘Torpezas e vilezas’

‘Acham que não tenho força como cabo eleitoral', diz Lula

Vera Rosa, O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2017 | 22h12

BRASÍLIA - Condenado a 9 anos e 6 meses de prisão em primeira instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a desafiar ontem seus acusadores a ver o que acontecerá no País se o impedirem de ser candidato à Presidência em 2018. “Eles agem todo santo dia para me tirar da disputa. Juntam meia dúzia de juiz e votam. Não me deixam ser candidato e pronto. Se eles acham que, me tirando da disputa, está resolvido o problema deles, façam e vamos ver o que acontece no País. Se acham que não vou ter força para ser cabo eleitoral, testem”, disse o petista em ato em defesa das universidades públicas em Brasília.

Leia mais:‘Acham que não tenho força como cabo eleitoral', diz Lula

Temer veta ‘censura’ e beneficia cúpula partidária

Thiago Faria, Isadora Peron, Carla Araújo e Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2017 | 21h33

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer sancionou nesta sexta-feira, 6, a reforma política aprovada pelo Congresso e, ao vetar dois pontos da legislação, beneficiou as cúpulas dos partidos e os candidatos que possuem mais recursos financeiros. Após a repercussão negativa, ele também retirou da versão final um dispositivo que poderia levar à censura na internet.

Leia mais:Temer veta ‘censura’ e beneficia cúpula partidária

Eunício anuncia de Moscou que disputará vaga ao Senado na chapa de Tasso ao Abolição

Os senadores cearenses Eunício Oliveira (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB) (Foto: Lia Pinheiro)
 query_builder 

Opresidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse ao Ceará News 7,diretamente de Moscou, nesta segunda (9), que irá concorrer à reeleição como senador na chapa de Tasso Jereissati ao Abolição em 2018. Falta decidir quem será o vice do tucano cearense e quem disputará a segunda vaga à Câmara Alta.

Leia mais:Eunício anuncia de Moscou que disputará vaga ao Senado na chapa de Tasso ao Abolição

Nanicos com o pé na estrada

Antes tarde do que nunca. Desde os anos 90, fala-se sobre a necessidade de dificultar a proliferação artificial de partidos políticos. Hoje, existem no País 35 partidos registrados no TSE, mas no máximo dez deles têm vida política efetiva. O resto é legenda de fachada. Mas esse quadro finalmente vai mudar. Na quarta-feira 4, foi homologada no Congresso a exigência da chamada cláusula de barreira para a criação de partidos políticos. Até agora, bastava criar uma sigla para ter acesso ao fundo partidário, em valor que variava de R$ 1,054 milhão a R$ 98 milhões. A partir da eleição do ano que vem, para se beneficiar de dinheiro público e de tempo gratuito na TV, os partidos precisarão atingir votação mínima de 1,5% em pelo menos nove estados, percentual que subirá gradativamente até 3% em 2030. Portanto, a farra está com os dias contados.

Leia mais:Nanicos com o pé na estrada

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES