Busque abaixo o que você precisa!

'O governo é muito grande, bebe muito combustível', diz economista de Bolsonaro

Fábio Zanini / FOLHA DE SP
RIO DE JANEIRO

Ex-capitão do Exército com posições estatizantes, Jair Bolsonaro conferiu a um ultraliberal a tarefa de criar seu programa econômico. Aos 68 anos, Paulo Guedes tem doutorado pela Universidade de Chicago, instituição que se tornou o símbolo do liberalismo, alma mater de 29 prêmios Nobel de Economia, entre eles Milton Friedman, ícone dessa escola de pensamento econômico. Com uma próspera carreira na área bancária, ele encontrou no presidenciável um aliado improvável. Desde novembro, os dois têm tido conversas quinzenais de quatro a cinco horas sobre temas econômicos. Falam-se com frequência por WhatsApp.

Leia mais:'O governo é muito grande, bebe muito combustível', diz economista de Bolsonaro

Verba de campanha estimula compra e venda de deputados

Ranier BragonCamila Mattoso
BRASÍLIA

Sentado em uma das cadeiras do plenário da Câmara, Adalberto Cavalcanti (Avante-PE), 60, dá risadas quando é questionado sobre as “cifras” que estão sendo oferecidas aos parlamentares.

“Ela está me perguntando em cifras!”, reagiu rindo o deputado, olhando para um colega na fileira de trás. “Mas você acha que alguém que recebe proposta vai te dizer?”

Leia mais:Verba de campanha estimula compra e venda de deputados

O incrível espectro partidário

*Almir Pazzianotto Pinto, O Estado de S.Paulo

20 Fevereiro 2018 | 03h17

O cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela a existência de 39 partidos registrados e 76 em processo de fundação. Temos, por enquanto, 115 legendas com pretensões às delícias do poder, cada qual com proprietários, dirigentes e filiados virtuais.

Leia mais:O incrível espectro partidário

O medo dos adversários de Temer é que a intervenção revele o bom governo que ele faz

Michel Temer fez o certo e interveio na área de segurança pública do Rio. Os mercadores morais de cadáveres, balas perdidas e execuções sumárias logo conjuraram suas forças, gritando a uma só voz: "Ele está pensando na reeleição!" É mesmo? O presidente está no gozo pleno de seus direitos políticos, e a Constituição lhe faculta o direito de concorrer. 

Leia mais:O medo dos adversários de Temer é que a intervenção revele o bom governo que ele faz

O que Camilo tem a ver com Lúcio?

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (18):

O que parecia ser uma tranquila caminhada de Camilo Santana(PT) rumo à reeleição se transformou em uma trilha espinhosa e com abismos à espreita. Uma chacina seguida da outra e a incomparável onda de assassinatos fizeram o governador sair da rota planejada e entrar numa zona de turbulência que não dá sinais de que terminará tão cedo.

Leia mais:O que Camilo tem a ver com Lúcio?

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES