Busque abaixo o que você precisa!

Ninguém está agradando

Ninguém está agradando

  Walterson Rosa/FramePhoto/Folhapress  
O presidente Michel Temer durante cerimônia de lançamento do plano "progredir", em Brasília, nesta terça
O presidente Michel Temer durante cerimônia de lançamento do plano "Progredir", em Brasília

"A melhora na economia vai ter impacto na eleição de 2018" é uma frase que não diz nada. Cada vez mais gente diz nadas desta espécie. A perspectiva de crescimento entre 2% e 3% no ano que vem, alguma redução no desemprego e um segundo ano de aumento da renda média contribuiriam para tolher extremistas e dar alguma chance a um candidato do "status quo" (pelas "reformas", ao menos), diz a tese. Pode ser. Ou não.

Leia mais:Ninguém está agradando

Presidenciáveis miram lavajatistas e fisiológicos

Os primeiros movimentos da sucessão presidencial revelam que nada de mal acontece ao Brasil que não seja esplêndido perto do que está por vir. Diante da frustração da reforma política, os pretendentes ao Planalto se equipam para uma nova disputa regida por velhas regras. O principal trunfo da campanha continua sendo o tempo de propaganda na tevê e no rádio. Para obter vitrines eletrônicas espaçosas, os presidenciáveis se movem como grandes compositores —compõem com todo mundo. Cortejam longe dos refletores partidos fisiológicos e lavajatistas.

Leia mais:Presidenciáveis miram lavajatistas e fisiológicos

Em dia de agenda de Alckmin em Minas, Doria reitera que viaja com próprio dinheiro

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

18 Setembro 2017 | 11h09

João Doria
Imagem de vídeo do prefeito João Doria (PSDB) reiterando que usa avião próprio para suas viagens a trabalho Foto: Reprodução Facebook João Doria

O prefeito João Doria (PSDB) gravou um vídeo nesta segunda-feira, 18, em frente ao seu avião que o leva para Porto Alegre, no qual ressaltou o fato de não usar recursos públicos em seus deslocamentos. "Viajo com meu dinheiro, no meu avião", disse o tucano na gravação. Na semana passada, o prefeito já havia dito que desembolsa dos recursos pessoais os custos das viagens nacionais e internacionais, após o Ministério Público Estadual abrir investigação para apurar suas viagens feitas durante horário de trabalho.

Leia mais:Em dia de agenda de Alckmin em Minas, Doria reitera que viaja com próprio dinheiro

Plano mirabolante

O Estado de S.Paulo

24 Setembro 2017 | 03h00

Sem vocação para aceitar as regras do jogo quando sabe que vai perder, o PT agora ameaça partir para o boicote da eleição de 2018, caso o chefão Lula da Silva não possa concorrer por impedimento judicial, e dessa forma criar um clima de “convulsão social” e “guerra civil”, conforme as palavras de alguns de seus integrantes mais animados. 

Leia mais:Plano mirabolante

Análise: STF coloca espada sobre a cabeça do Congresso

BRASÍLIA — Mergulhados na Lava-jato e lutando para sobreviver, os parlamentares não conseguiram, até este momento, um acordo mínimo para fazer qualquer alteração no modelo eleitoral em vigor. Se é verdadeira a crítica dos políticos de que o Supremo Tribunal Federal (STF) com frequência interfere indevidamente no sistema, também é verdade que os parlamentares pouco fizeram nos últimos anos para corrigir suas distorções.

Leia mais:Análise: STF coloca espada sobre a cabeça do Congresso

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES