Busque abaixo o que você precisa!

GOVERNADOR DO CEARÁ VAI DAR SALÁRIO MÍNIMO PARA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

Da Revista Fórum - O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou na última terça-feira (15) que sancionou uma lei que vai pagar um salário mínimo (R$937) a estudantes da rede pública que ingressarem no ensino superior.

Santana deu a notícia em um bate papo com internautas através de uma transmissão em seu Facebook. De acordo com o governador, para receber o benefício, o estudante deve ter cursado todo o Ensino Médio em escolas públicas, ser membro do programa Bolsa Família e ter conseguido uma média de pelo menos 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Leia mais...

Reunião com permissionários do mercado novo define espaços para camelôs e carros de horário


A prefeita Rozário Ximenes esteve reunida, na manhã desta terça-feira (15), em seu gabinete, com permissionários do Mercado Novo para definir espaços para camelôs e carros de horário. Ficou decidido, através de consenso entre os vendedores, donos de veículos e autoridades municipais, que os carros de horário permanecerão no estacionamento em volta do Mercado Novo.

Leia mais...

CGU encontra defeitos em 56,4% dos imóveis do Minha Casa, Minha Vida

BRASÍLIA — Uma auditoria feita pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) no programa Minha Casa, Minha Vida, encontrou defeitos em 56,4% das unidades analisadas, como rachaduras, infiltrações e vazamentos. Mesmo assim, a pasta considerou que o índice de satisfação dos beneficiários do programa é positivo. A pasta analisou 77 empreendimentos com 1.472 unidades habitacionais financiadas pelo FGTS, distribuídos em doze estados, em 2015. O relatório com as conclusões da análise foi divulgado nesta quarta-feira.

Leia mais...

Revisão do déficit, “O Príncipe”, “O Pequeno Príncipe”, frescura, abstração e matemática

Muita gente me pergunta por que não me candidato a um cargo público. Ofertas a sério já me foram feitas por grandes partidos. Se um dia mudar de ideia, aviso. Mas advirto: não há a menor chance de isso acontecer. Políticos têm de engolir sapos. Não os engulo. Políticos têm de ser flexíveis com a palavra empenhada, a sua e a dos outros — eu nunca sou. Políticos, em nome do pragmatismo, não podem guardar mágoas. Posso não ser um exímio colecionador das ditas-cujas, e não sou mesmo!, mas não condescendo com certos traços de caráter, já disse: em especial, deslealdade e covardia, matérias fartas nesse meio, inclusive e muito especialmente de alguns que se dizem partidários da “nova política”.

Leia mais...

Projeto presidencial de Meirelles foi carbonizado

Agora é o Henrique Meirelles quem diz que também não conseguirá cumprir a meta fiscal que jurava ser “exequível”. Prometera fechar as contas de 2017 com um rombo de R$ 139 bilhões. E admitirá diante das câmeras que a cratera será ainda maior. Pobres mães e pais do Brasil. Já não dispõem de exemplos para dar aos filhos. Resta-lhes dizer: “Não minta, meu filho. Olha que você acaba virando consultor do Joesley Batista na J&F ou ministro da Fazenda do governo de Michel Temer!”

Leia mais...

Queda de receitas mantém 23% das UPAs fechadas Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/queda-de-receitas-mantem-23-das-upas-fechadas-21702471#ixzz4pihEoKly stest

SÃO PAULO - Sem dinheiro, prefeituras de todo o Brasil estão com dificuldade para manter funcionando programas federais, como a operação de postos de saúde e a circulação de ambulâncias. Anunciadas como solução prática para desafogar emergências de hospitais públicos a partir de um programa do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, hoje preso, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ilustram bem o problema da burocracia federal e da falta de planejamento na implantação de programas públicos de saúde.

Leia mais...

Governo decide mudar meta e descarta aumento de imposto

Andreza Matais, Renan Truffi e Murilo Rodrigues Alves

13 Agosto 2017 | 23h53

O governo deve anunciar nesta segunda-feira que as contas públicas deste e do próximo ano fecharão no vermelho em R$ 159,5 bilhões. Esse foi o valor do rombo registrado em 2016, mas a equipe econômica trabalhava com metas menores de déficit para este ano (R$ 139 bilhões) e 2018 (R$ 129 bilhões).

Leia mais...

Simplificação tributária

O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2017 | 03h00

A despeito da gravidade da crise fiscal para a qual buscam uma solução urgente, autoridades e técnicos da área tributária têm procurado oferecer às empresas meios que, embora de aparência simples, reduzam a burocracia e facilitem seu relacionamento com o Fisco. São medidas administrativas destinadas a cortar custos das empresas, dando-lhes mais produtividade e competitividade, e a melhorar o ambiente de negócios, para estimular os investimentos indispensáveis ao crescimento sustentado.

Leia mais...

Pega ladrão - ISTOÉ

Sistema antifraude adotado desde janeiro pelo Ministério do Trabalho gerou o bloqueio de R$ 537 milhões destinados ao pagamento do seguro-desemprego. A força tarefa, que investiga as irregularidades no programa, foi em cima de pedidos que tinham como referência o mesmo telefone, o mesmo endereço ou origem em pequenas empresas.

 

Elas eram criadas e contratavam empregados fantasmas, que depois eram demitidos. Agentes que aprovam o seguro-desemprego muito acima das médias locais e regionais, também são suspeitos. Foram bloqueados 34.541 pedidos. Há quadrilhas agindo e, por isso, a PF entrou em campo nas fraudes que envolvem maior volume de recursos.

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES