Busque abaixo o que você precisa!

Em três anos, Canindé sobe de 156 matrículas para 6,7 mil alunos em tempo integral

O município de Canindé, no Norte do Ceará, a 115 quilômetros de Fortaleza, teve um dos maiores crescimentos em termos percentuais do Estado no número de vagas em escolas em tempo integral, nos últimos três anos, segundo o censo escolar.

Em 2016, o município tinha 156 matrículas de tempo integral. Este ano, com o fechamento do censo escolar, Canindé registra 6.779 alunos nessa modalidade de ensino.

Segundo a prefeita Rozário Ximenes, a marca deverá aumentar no próximo ano, diante das vagas que serão ofertadas, além do 9º ano, para as turmas de 2º e 5º anos, com possibilidade de ampliação para o 1º, 4º e o 8º ano.

Já o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) aponta que Canindé ampliou o número de matrículas de 12 para 14 mil alunos. A prefeitura informou ainda que pretende adquirir mil berços para crianças com idades entre 6 meses a 1 ano e 10 meses. COM ELIOMAR

Governo federal proíbe queimadas por 60 dias em todo o País

Mateus Vargas e Sandra Manfrini, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2019 | 22h15 
Atualizado 29 de agosto de 2019 | 07h47

BRASÍLIA - O governo federal decidiu proibir por 60 dias a permissão para queimadasem todo o território nacional. A medida foi publicada na manhã de quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União (DOU).  O Palácio do Planalto já havia informado na noite desta quarta-feira, 28, que trata-se de "medida excepcional e temporária, com o objetivo de proteção ao meio ambiente".

ctv-0qz-amazoniafogo
"Cuida-se de medida excepcional e temporária, com o objetivo de proteção ao meio ambiente", informou o Planalto Foto: GABRIELA BILO/ESTADAO

A medida é anunciada em meio à crise ambiental por queimadas na Amazônia. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, já havia dito que o governo estudava a medida em entrevista ao programa Roda Viva, na segunda-feira, 26.

Leia mais...

Ministério da Economia pode extinguir 170 mil cargos da administração pública federal

Ministério da Economia poderá extinguir 170 mil cargos da administração pública federal.

POR TELEX 

Entre os postos que poderão ser extintos estão os de hialotécnico, especialista em moldar vidros, discotecário, seringueiro, detonador, linotipista e operador de telex.

DATA 

Os servidores que prestaram concurso para esses cargos e ainda estão na ativa permanecerão até a aposentadoria. Em geral, eles já foram deslocados para serviços diversos e não exercem mais as funções para as quais foram contratados.

MEU JARDIM 

O ministério já tinha anunciado, em abril, a extinção de 13 mil cargos –como os de jardineiro, mestre de lancha, atendente bilíngue e operador de máquinas agrícolas.

MEU JARDIM 2 

Existem hoje 712,5 mil cargos na administração federal direta, autárquica e fundacional. Destes, 535 mil estão ocupados.

Leia mais...

A Ação dos militares na Amazônia começa com 400 homens

Roberto Godoy, O Estado de S. Paulo

26 de agosto de 2019 | 03h00

SÃO PAULO -De um total de 44 mil homens, efetivo das Forças Armadas disposto na Amazônia, cerca de 400 vão atuar inicialmente nas operações iniciadas ontem na região para dar combate a incêndios, atender a população exposta a risco, e reprimir os ilícitos ambientais – desmatamento ilegal, queimadas irregulares e garimpos clandestinos. As três primeiras organizações designadas são do Estado de Rondônia: a 17.ª Brigada de Infantaria de Selva, a Delegacia Fluvial Regional e o Centro Regional de Vigilância, do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), todos de Porto Velho (RO). 

Palácio do Planalto informou ontem que serão liberadas nos próximos dias as primeiras parcelas dos R$ 28 milhões que servirão para pagar as contas da atividade extraordinária – verba que estava contingenciada. O modelo das operações decorrentes do decreto de Garantia da Lei e da Ordem Ambiental (GLOA) que vai vigorar até o dia 24 de setembro ainda está sendo definido. A cobertura abrange 5,2 millhões de km², ocupando 61% do território nacional. Um levantamento recente da americana NASA e da agência espacial europeia estima em 400 bilhões a população de árvores adultas na Amazônia. 

ctv-aix-whatsapp-image-2019-08-24-at-174132
Para realizar a operação, o avião tem que sobrevoar a área do incêndio a uma altura de 150 pés (aproximadamente 46 metros de altura) Foto: Ministério da Defesa

Leia mais...

Ação dos militares na Amazônia começa com 400 homens

Roberto Godoy, O Estado de S. Paulo

26 de agosto de 2019 | 03h00

SÃO PAULO -De um total de 44 mil homens, efetivo das Forças Armadas disposto na Amazônia, cerca de 400 vão atuar inicialmente nas operações iniciadas ontem na região para dar combate a incêndios, atender a população exposta a risco, e reprimir os ilícitos ambientais – desmatamento ilegal, queimadas irregulares e garimpos clandestinos. As três primeiras organizações designadas são do Estado de Rondônia: a 17.ª Brigada de Infantaria de Selva, a Delegacia Fluvial Regional e o Centro Regional de Vigilância, do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), todos de Porto Velho (RO). 

Palácio do Planalto informou ontem que serão liberadas nos próximos dias as primeiras parcelas dos R$ 28 milhões que servirão para pagar as contas da atividade extraordinária – verba que estava contingenciada. O modelo das operações decorrentes do decreto de Garantia da Lei e da Ordem Ambiental (GLOA) que vai vigorar até o dia 24 de setembro ainda está sendo definido. A cobertura abrange 5,2 millhões de km², ocupando 61% do território nacional. Um levantamento recente da americana NASA e da agência espacial europeia estima em 400 bilhões a população de árvores adultas na Amazônia. 

ctv-aix-whatsapp-image-2019-08-24-at-174132
Para realizar a operação, o avião tem que sobrevoar a área do incêndio a uma altura de 150 pés (aproximadamente 46 metros de altura) Foto: Ministério da Defesa

No Centro de Operações Conjuntas (COC) do Ministério da Defesa, instalado no sábado, em Brasília, pelo ministro Fernando Azevedo e Silva, ontem o dia foi de reuniões. Nos encontros, foram discutidas informações básicas da crise, incluídas as de inteligência, destinadas a subsidiar as instruções e diretrizes para as missões dos grupos de atuação em campo. 

Já o primeiro contingente de 30 bombeiros da Força Nacional foi do Distrito Federal para Boa Vista, em Roraima. O time é formado por especialistas no controle de incêndios florestais. Há três semanas, a agência oficial de sensoriamento acusava cerca de 4.6 mil focos de calor e fogo em todo o Estado. 

Crimes ambientais. Outra preocupação dos planejadores da Defesa é com a definição dos crimes ambientais. De acordo com um oficial do setor jurídico, “o conceito não é claro a não ser em situações óbvias, daí a necessidade de fixar uma apreciação de referência”. Segundo o analista do MD, “seria crime a agressão severa aos recursos naturais, ao próprio ecossistema”. A dificuldade é decorrente de certas ambiguidades, explica. “Um fazendeiro pode queimar um pasto ou uma área plantada por ele; isso não é crime – mas passa a ser, se o fogo sair do controle e vier a atingir a mata original vizinha, por exemplo.”

A princípio as denúncias serão recebidas e as investigações serão conduzidas pelos agentes da Polícia Federal. A tropa poderá dar apoio a eventuais ações táticas, armadas, que venham ser executadas.

Canindé reinaugura parque de exposição com várias atrações

A Missa dos Vaqueiros, feiras, cavalgada, aboios, apresentações de grupos culturais e bandas de forró, além da entrega de títulos da terra, marcaram nesse sábado (24) a reinauguração do Parque de Exposição José Clerton Facundo Bezerra, em Canindé, no Norte do Ceará, a 115 quilômetros de Fortaleza.

A solenidade de reinauguração teve à frente a prefeita Rozário Ximenes, que contou ainda com as presenças do deputado estadual João Jaime e do vereador Professor Ilomar.

Segundo a prefeitura, o serviço de reforma teve porte financeiro de R$ 170 mil, recursos oriundos da Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos de Canindé. com blog do eliomar

Moro autoriza Força Nacional em cinco cidades como parte de programa anticrimes violentos

O ministro da Justiça, Sergio Moro, publicou no "Diário Oficial" desta quinta-feira (22) a autorização de envio da Força Nacional de Segurança para cinco cidades:

  • Ananindeua (PA)
  • Cariacica (ES)
  • Goiânia (GO)
  • Paulista (PE)
  • São José dos Pinhais (PR)

A medida faz parte de um programa-piloto do governo federal, chamado "Em frente, Brasil", criado para combater crimes violentos, principalmente homicídios. As cinco cidades foram escolhidas por apresentarem altos índices de violência.

Leia mais...

Camilo lança plataforma de ações que promete a modernização da saúde

Camilo e Dr, Cabeto visitam hospitais e conheceram de perto o quadro da saúde.

O  governador Camilo Santana (PT) vai lançar, a partir das 9 horas desta segunda-feira (19), no Palácio da Abolição, a Plataforma de Modernização da Saúde. O objetivo é promover uma rede de saúde mais acessível, resolutiva, humana e inovadora no Ceará, diz o comunicado oficial. A plataforma será apresentada pelo secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto.

Na ocasião, também será apresentado o pacote de medidas para fortalecimento da rede de atenção primária, interligação de toda rede de saúde, criação do hub da saúde, entre outras ações prioritárias orçado em R$ 600 milhões.

A Secretaria da Saúde do Ceará desenvolveu um planejamento integrado para promover a saúde individual e coletiva para a melhoria da qualidade de vida dos cearenses, após um diagnóstico da saúde no Estado, segundo o titular da pasta. com blog do eliomar

'Brasil todo está sem dinheiro' e 'ministros estão apavorados', diz Bolsonaro

JAIR E MIN DA EDUCAÇÃO

 

 

 

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira que o governo federal “não tem dinheiro” e que os ministros estão “apavorados” com a situação. Com um Orçamento estrangulado por despesas obrigatórias, principalmente pagamentos de salários e aposentadorias, os gastos federais com custeio da máquina e investimentos vão atingir o menor valor em dez anos, segundo dados do Tesouro Nacional. As chamadas despesas discricionárias, que não são de execução obrigatória, chegarão a R$ 95,4 bilhões no fim de 2019, o que representa o menor valor da série histórica iniciada em 2009.

 

- O Brasil todo está sem dinheiro. Obrigado pela pergunta. Em casa que falta pão, as pessoas brigam e ninguém tem razão. Os ministros estão apavorados. Não tem dinheiro. Eu já sabia disso. Estamos fazendo milagre, conversando com a equipe econômica. A gente está vendo o que a gente pode fazer para sobreviver - disse Bolsonaro.

Leia mais...

Camilo anuncia novas bases do Raio e reforço nas operações policiais

Reunido com todo o estafe da segurança pública do Estado, nesta sexta-feira, na sede da SSPDS, o governador Camilo Santana (PT) anunciou a implantação de novas unidades do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio). Serão beneficiados os municípios de Itarema, Paracuru e Mauriti que, também, receberão o reforço de policiamento ainda neste ano.

“O Raio é um batalhão especial, de elite, todo motorizado e altamente treinado, que ajuda muito no policiamento das cidades cearenses. Temos realizado muitos investimentos em segurança. Nos últimos quatro anos, foram 44 batalhões do Raio inaugurados e mais de 10 mil profissionais contratados para a área da Segurança”, disse o governador Camilo Santana.

De acordo com a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, atualmente 44 cidades (acima de 50 mil habitantes) cearenses já receberam batalhões do Raio.

Expansão

Na próxima fase de implementação, que será realizada nos municípios acima de 30 mil habitantes, outras 18 cidades serão contempladas a partir do ano que vem – Amontada, Bela Cruz, Guaraciaba do Norte, Ipu, Ipueiras, Itaitinga, Jaguaribe, Jaguaruana, Massapê, Missão Velha, Nova Russas, Paraipaba, Pedra Branca, Pentecoste, Santana do Acaraú, Tabuleiro do Norte, Ubajara e Várzea Alegre.

A reunião desta sexta-feira contou com a participação de comandantes da SSPDS, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Perícia Forense e Sistema Penitenciário. “Avaliamos os resultados e houve planejamento das próximas ações em todas as regiões do Estado para garantir policiamento mais eficaz no combate ao crime.

(Foto – SSPDS)

Compartilhar Conteúdo