Busque abaixo o que você precisa!

Folha estreia podcast sobre presidentes brasileiros

Rodrigo Vizeu
SÃO PAULO

Folha estreia nesta segunda-feira (16) o podcast Presidente da Semana. Ao longo de 29 episódios semanais, o programa em áudio contará, em ordem cronológica, a história dos presidentes do Brasil de Deodoro da Fonseca (1889-1891) até o eleito ou a eleita em outubro deste ano.

Leia mais...

Cheques de qualquer valor serão compensados em um dia útil a partir de amanhã

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

A partir de amanhã (16), cheques de qualquer valor passarão a serem compensados em um dia útil. Hoje, os cheques de até R$ 299,99 demoram dois dias úteis para “cair” na conta das pessoas físicas, empresas, ou favorecidos. O novo prazo para a compensação nos cheques segue determinação da circular 3.859, publicada pelo Banco Central em novembro do ano passado.

Leia mais...

Temer analisa projeto que dribla lei de improbidade e estimula a impunidade

Michel Temer recebeu há três dias, em 10 de abril, ofício assinado pelos presidentes de seis entidades que representam no país as corporações dos juízes, procuradores e auditores. O documento pede ao presidente que vete integralmente o projeto de lei 7448/2017. Chegou ao Planalto na semana passada. Foi aprovado sem alarde no Congresso. Se for sancionado, anotaram os signatários do alerta enviado a Temer, “pode se tornar uma lei de impunidade, significando verdadeiro contorno à Lei de Improbidade, com artifícios para isentar de responsabilidade o agente público.” Tudo isso em plena era da Lava Jato.

Leia mais...

Governo gastou R$ 3 bi em cinco anos com aposentadoria rural irregular

Adriana Fernandes e Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

12 Abril 2018 | 19h18

O Ministério da Transparência identificou o pagamento indevido de R$ 3 bilhões, nos últimos cinco anos, de aposentadoria do INSS para produtores rurais classificados como segurados especiais. Mais R$ 1,179 bilhão poderá ir para o ralo por ano se os benefícios irregulares não forem revistos.

Leia mais...

CGU investiga 5 prefeituras do Ceará

Barbalha, Crateús, Icó, Juazeiro do Norte e Sobral. Cinco importantes cidades do Ceará estão no mais recente relatório do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU). O órgão investigou o que se fez de mais errado com a verba repassada pela União, aplicada em programas federais no Interior do Estado entre janeiro de 2014 e março de 2016, nas áreas de saúde, educação, prevenção a enchentes e inclusão digital. O montante analisado pelo órgão beira a casa dos R$ 450 milhões. As inspeções foram realizadas ao longo de 2017.

Leia mais...

Ceará é o 7º estado mais desigual do País

A renda média do cearense aumentou de R$ 1.403 para R$ 1.503, em 2017. Porém, a desigualdade está se agravando. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, no Estado, o Índice de Gini – indicador que mede a desigualdade em escala de zero (igualdade) até 1 (desigualdade máxima) – subiu de 0,553, em 2016, para 0,560, em 2017. Alta de 1,26%. O Ceará é o terceiro no ranking da desigualdade no Nordeste e o sétimo no País.

Leia mais...

A Lei de Responsabilidade Fiscal falhou?

A LRF não falhou. Falhou parte significativa dos governos e instituições, que fragilizaram os controles com a “contabilidade criativa” e desprezaram a ação planejada e transparente. Falhou também a sociedade, que precisa se apoderar dos instrumentos de controle social, inclusive àqueles que foram estabelecidos na própria LRF, a partir da Lei Complementar 131/2010, os quais geraram uma oportunidade ímpar da execução da despesa e realização da receita serem publicadas um dia após o fato contábil. A LRF chega a maioridade com 18 e integra a segunda geração de regras fiscais, que definiu um regramento avançado e inovador para as finanças públicas, e caso não fossem esses avanços estaríamos em situação fiscal bastante piorada.

Leia mais...

A situação no Município de Canindé é a pior dos últimos 50 anos.

CANINDÉ GADO

A prefeita de Canindé Rozário Ximenes decretou estado de emergência no município, em decorrência da estiagem e ainda dos efeitos da seca dos últimos anos, considerada a mais abrasiva dos últimos 60 anos. O Decreto de Nº 14/2017, foi assinado no dia 23 de março de 2018. No despacho a gestora afirma que a existência de situação anormal, provocada pela seca, desastre crônico, gradual e previsível, caracterizada como ‘’situação de emergência’’, no Município de Canindé, pelo prazo de 90 dias, a contar da publicação do decreto, prorrogável por igual período.

Leia mais...

Republiqueta de banana?

Eliane Cantanhêde, O Estado de S.Paulo

06 Abril 2018 | 03h00

Muitos comemoram, muitos choram, mas não há o que comemorar nem chorar na prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, homem com biografia vibrante, que saiu do horror da miséria, sacudiu num pau de arara, virou o maior líder sindical da história recente, chegou à Presidência e saiu dela com 80% de aprovação. Mas fez tudo o que fez ao chegar ao poder.

Leia mais...

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES