Busque abaixo o que você precisa!

Terça-feira, 22 de março, o dia em que bateu o desespero no governo Dilma

Após mais um encontro com juristas que apoiam o governo, a presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira (22), em discurso no Palácio do Planalto, que não renunciará ao mandato. “Não cometi nenhum crime previsto na Constituição e nas leis para justificar a interrupção de meu mandato. Neste caso, não cabem meias palavras: o que está em curso é um golpe contra a democracia. Eu jamais renunciarei”, disse Dilma. “E eu posso assegurar a vocês que eu não compactuarei com isso. Por isso, não renuncio em hipótese alguma.” Dilma recorreu sem meias palavras ao aviso devido à aceleração de fatos negativos para seu governo.

Leia mais...

Wagner desmente Dilma e voa sozinho em jato da FAB

Entrevista coletiva do ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner em Brasília (DF) - 08/10/2015
Jaques Wagner, ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República(Valter/Campanato/Agência Brasil)

Um dia depois de ser empossado no novo cargo de ministro-chefe do Gabinete Pessoal da presidente da República, Jaques Wagner desmentiu palavras da chefe Dilma Rousseff. Conforme registros oficiais, Wagner fez a Força Aérea Brasileira (FAB) decolar neste fim de semana, por duas vezes, jatinhos apenas para ele viajar entre Brasília (DF) e Salvador (BA), onde mora. O ministro embarcou sozinho para casa na noite de sexta-feira e voltou à capital federal, também em voo privê, na manhã de domingo. O motivo declarado: razões de "segurança" - algo incomum nos registros da Aeronáutica, embora dentro das regras do governo.

Na quinta-feira, Jaques Wagner não chegou a tempo de participar da cerimônia de posse ao lado do ex-presidente Lula, seu substituto na Casa Civil. No evento, receberia um cargo inédito, criado para que ele, também citado na Operação Lava Jato, mantivesse o foro privilegiado depois de ceder lugar a Lula. A posse foi antecipada pelo Palácio do Planalto, e Wagner estava em Salvador. Com o constrangimento, Dilma justificou na cerimônia que ele teve um contratempo e se atrasou porque "só andava em avião de carreira" e não viajava em jatinhos do Grupo de Transporte Especial da FAB.

Leia mais...

Recessão faz 277 indústrias fecharem as portas em 2015

INDUSTRIA FECHAM

 

 

RIO e SÃO PAULO - Num cenário de recessão, mais empresas brasileiras estão sendo obrigadas a fechar as portas. Em 2015, houve aumento de 12,6% no total de indústrias que tiveram a falência decretada pela Justiça na comparação com o ano anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). No total, 277 fábricas fecharam, contra 246, em 2014. Quando se incluem na conta as empresas de comércio e serviços, o total de falências decretadas cresce 16,6% — de 924, em 2014, para 1.078. Trata-se da maior taxa de expansão desde 2005, quando foi promulgada a nova Lei de Falências.

Leia mais...

O déficit dos fundos de pensão

O déficit registrado pelos fundos de previdência privada em 2015 – que alcançou R$ 64,9 bilhões até novembro e pode totalizar R$ 70 bilhões no ano, mais do dobro do resultado negativo de 2014 (R$ 31,4 bilhões) – é explicável em boa parte pelas dificuldades enfrentadas pela economia brasileira. A desvalorização das ações no ano passado impôs perdas pesadas às entidades fechadas de previdência complementar, como são oficialmente chamados os fundos de pensão, em cuja carteira de aplicações esses papéis têm forte participação.

Leia mais...

BR Distribuidora termina 2015 com prejuízo de R$ 1,2 bilhão

Subsidiária passou a sofrer a concorrência de importadores com a manutenção do preço da gasolina e o diesel acima do praticado no mercado externo

BR Distribuidora faz parte do plano de desinvestimentos da Petrobrás

BR Distribuidora faz parte do plano de desinvestimentos da Petrobrás

 

    A BR Distribuidora, considerada pela Petrobrás um dos seus bens mais atrativos entre os que negocia a venda, registrou prejuízo de R$ 1,2 bilhão em 2015. Desde que a Petrobrás decidiu manter os preços da gasolina e do óleo diesel superiores aos praticados no mercado externo, a BR passou a sofrer a concorrência de importadores e perdeu participação de mercado. A empresa ainda é afetada pela retração do comércio de combustíveis no Brasil por conta do desaquecimento da economia.

    Leia mais...

    Com impasse sobre Lula, 'Dilma da Bahia' assume Casa Civil

    Divulgação  
    Eva Chiavon. Foto: Divulgacao ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***

    Com estilo técnico e pavio curto, Eva Chiavon assumiu desde a última segunda-feira (21) a posição de braço-direito da presidente Dilma Rousseff de maneira inesperada. Em meio ao imbróglio jurídico causado pela suspensão da posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deslocamento de Jaques Wagner para o gabinete da Presidência da República, a secretária-executiva chegou ao cargo com status de primeiro-ministro do Palácio do Planalto em uma situação de vácuo de poder.

    Leia mais...

    Idealização e ilusão - na Folha de SP

    O brasileiro está perplexo diante dos fatos que escancaram as entranhas e histórias de várias de nossas instituições públicas e privadas. A vida em sociedade faz-se de exemplos e convivemos, faz tempo, com os de perversão e ganância de ícones representativos da sociedade.

    Essa história vai além dos tempos atuais e conta como construímos nossa cultura social. Exemplos que afetam nossa capacidade de confiança e relacionamento.

    Leia mais...

    Brasil registra em 2014 o maior número de assassinatos da história

    RIO - O Brasil bateu seu recorde de homicídios em 2014. Foram 59.627 registros no ano, número que representa mais de 10% dos homicídios registrados no mundo e torna o País campeão mundial de assassinatos, em números absolutos. Os dados do Atlas da Violência 2016 são divulgados na manhã desta terça-feira, 22, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

    Leia mais...

    Dilma prega legalidade e diz no Planalto que não vai ter golpe

    111111111.jpg

    No mais duro discurso desde que a Câmara aceitou o pedido de impeachment, a presidente Dilma Rousseff lançou nesta terça-feira, 22, uma espécie de "campanha da legalidade" para evitar o afastamento, chamado diversas vezes de "golpe", e disse mais de uma vez que "jamais renunciará sob qualquer hipótese". O pronunciamento foi feito no Palácio do Planalto, após encontro da presidente com juristas que foram a Brasília manifestar apoio à petista e rechaçar tentativas de interrupção do atual mandato.

    Leia mais...

    Obras de pavimentação da rodovia CE-166 estão em andamento

    obra:A obra de pavimentação da rodovia CE-166, trecho que liga os municípios de Piquet Carneiro e Senador Pompeu, no Sertão Central, está com 39% de execução. Realizada pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER), vinculado à Secretaria da Infraestrutura, a obra conta com serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, obras d’arte correntes, sinalização horizontal e vertical e proteção ambiental. A estimativa é de que a conclusão do trecho ocorra no segundo semestre de 2016.A pavimentação vai beneficiar diretamente a população dos dois municípios e de distritos adjacentes, que passarão a contar com 28,68 km de rodovia bem sinalizada, refletindo em mais segurança e conforto nos deslocamentos. As melhorias, orçadas em R$ 24.142.529,53, estão contempladas no Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV, de construção e recuperação da malha rodoviária Estadual do Ceará. Os recursos são do Tesouro Estadual e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). CEARAAGORA

    Compartilhe