Busque abaixo o que você precisa!

MST ameaça parar estradas brasileiras em defesa de Dilma

O economista e integrante da Confederação Nacional do MST, João pedro Stédile, disse que o movimento deverá parar as estradas brasileiras, em caso de defesa do mandato da presidente Dilma. Stédile destacou que o MST possui assentamentos em dois mil municípios e que em todos passam estradas. ELIOMAR

Brasil inaugura primeira usina solar flutuante do mundo

USINA SOLAR NO MAR

O primeiro projeto-piloto no mundo, de exploração de energia solar em lagos de usinas hidrelétricas, com uso de flutuadores, foi lançado ontem (4) na Hidrelétrica de Balbina, no município de Presidente Figueiredo, no Amazonas.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, a iniciativa já foi implementada em outros países, mas em reservatórios comuns de água. No caso do Brasil, a engenharia será utilizada nos lagos das hidrelétricas, permitindo aproveitar as sub-estações e as linhas de transmissão das usinas, além da lâmina d’água dos reservatórios, evitando desapropriação de terras.

Leia mais...

Lembro que o Brasil não é a Venezuela e que nossas Forças Armadas não são bolivarianas

Gilberto Carvalho, porta-voz de Lula e número dois do PT, resolveu ameaçar os brasileiros, os manifestantes, as instituições, o Ministério Público, a Polícia Federal, o Judiciário e quem mais pudesse não vergar a cerviz para o PT. Ao afirmar que prender Lula seria brincar com fogo e ao se referir à radicalização da luta política, disse temer que ocorra por aqui o que se deu na Venezuela.

Leia mais...

‘TEMOS QUE GANHAR NÃO A PARTIR DA MENTIRA DO MARQUETEIRO’ Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/marina-silva-diz-que-pt-faz-apologia-ao-confronto-para-se-defender-18818286#ixzz42DDwf8SV © 1996 - 2016. Todos direitos reservados a

MARINA

 

Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente do governo Lula de 2003 a 2008, quando pediu demissão da pasta e retornou ao seu mandato de senadora. Em 2009, saiu do PT. Em 2010, concorreu ao Planalto pelo PV, e obteve cerca de 19,6 milhões de votos. Saiu do PV no ano seguinte. Nas últimas eleições presidenciais, em acordo com o PSB de Eduardo Campos enquanto a Rede não era fundada, recebeu 22 milhões de votos, em um pleito em que passou de candidata a vice a grande concorrente para o segundo turno como candidata a presidente.

Leia mais...

Marina Silva diz que PT faz apologia ao confronto para se defender Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/marina-silva-diz-que-pt-faz-apologia-ao-confronto-para-se-defender-18818286#ixzz42DD2nVNx © 1996 - 2016. Todos direitos res

BRASÍLIA – Marina Silva, fundadora da Rede, atacou neste domingo a postura do PT de “fazer apologia ao confronto para se defender de acusações”, e que o povo brasileiro merece ser reparado por erros do governo. Ex-ministra de Lula, Marina disse que não conversou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva depois que ele foi alvo de condução coercitiva na Lava-Jato. — É triste, obviamente, ver um partido que no passado suscitou tantas esperanças na defesa da ética e no combate à corrupção, agora tendo que fazer apologia do conflito, do confronto, para se defender de acusações — afirmou Marina, em referência ao PT e ao comportamento do partido depois da fase mais recente da Operação Lava-Jato, em que Lula foi alvo. — Espero que no nossos país possamos chegar a um tempo em que o funcionamento das instituições, a autonomia das instituições, não tenha que ser combatido por agentes públicos – disse a fundadora da Rede.

Leia mais...

A crise corrói os salários -

Ainda não é muito alta a porcentagem das convenções e acordos coletivos firmados por empregados e empregadores que preveem reajustes salariais inferiores à inflação ou a redução da jornada de trabalho com a redução proporcional do salário. De 261 negociações concluídas em janeiro, 50 (ou pouco menos de 20%) resultaram em redução real de salário. Vistos de outro modo, esses números mostram que mais de 80% dos trabalhadores das categorias que concluíram acordos naquele mês conseguiram preservar sua renda ou até obtiveram algum ganho em termos reais. Mas, por trás deles, há um componente perturbador na evolução das negociações salariais: a velocidade com que aumenta o número de acordos que resultam em perda de rendimento real.

Leia mais...

Outra vez, as ruas - ALBERTO AGGIO

Estamos na vigília de mais uma manifestação de protesto, convocada nacionalmente. Um fato que se tornou comum nos últimos anos. Ainda se mantêm vivas na memória as de 2013 e de 2015. Registre-se, de saída, que elas não foram idênticas em seus propósitos, personagens ou resultados, mas guardam muitas relações entre si e nos deixaram várias lições. Foram manifestações multitudinárias que ganharam ruas e praças, das metrópoles às pequenas cidades. Mobilizadas pelas redes sociais, seus convocadores não vieram das representações tradicionais da sociedade. Derivavam de movimentos e grupos sociais diferenciados que buscavam uma pauta comum, ainda hoje irrealizada em inúmeras de suas demandas. Olhar esses dois momentos sem a adoção de uma contraposição abstrata entre eles pode ajudar-nos a compreender o que está programado para os próximos dias.

Leia mais...

"Estamos perdidos", diz assessor de Dilma

As últimas 48 horas foram as mais dramáticas para a presidente Dilma Rousseff desde que assumiu a Presidência, em janeiro de 2011. Consternada com as revelações do senador Delcídio do Amaral à força-tarefa da Lava Jato, divulgadas com exclusividade por ISTOÉ, Dilma demonstrou ter acusado o golpe.

Dilma_Agencia Brasil.jpg

Em duas reuniões emergenciais com auxiliares, a presidente gritou, xingou e desferiu ameaças em alto e bom som. Ela, afinal, não esperava que o quadro se deteriorasse tão rapidamente depois da reportagem publicada por ISTOÉ. Na manhã desta sexta-feira 4, a presidente convocou uma nova reunião com auxiliares. Desta vez, além dos quatro participantes do encontro da quinta-feira, estavam presentes Edinho Silva, da Secom, e Wellington César, novo ministro da Justiça. As conversas foram novamente tensas e Dilma parecia mais abatida do que nunca. Foi Giles Azevedo, o assessor especial da presidente, quem resumiu o estado de espírito de Dilma e do alto escalão do governo. “Estamos perdidos”, declarou.

Leia mais...

Secult: povo Pitaguary inicia campanha para criação do Museu Indígena

pitaguary 4O povo Pitaguary lançou uma campanha para criar seu próprio museu, o Museu Indígena Pitaguary. Benício Pitaguary, artista dedicado à pesquisa da pintura corporal, organizou um evento que acontecerá neste sábado e domingo, 5 e 6 de março, a partir de 9h, na Aldeia Monguba (próximo à CE 060, em Pacatuba), para que os participantes possam viver uma experiência performática. Haverá também trilha ecológica e outras programações. A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) estará presente ao evento, através da sua Coordenação de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural. Confira como chegar no local pelo mapa:http://bit.ly/1QyMXNC.

Leia mais...

Maracanaú, Horizonte e Jijoca de Jericoacoara recebem homenagem de aniversário do Governo do Estado

Este domingo, 6 de março de 2016, marca o aniversário de fundação de três importantes municípios do Ceará: Maracanaú (66 anos OU 33), Horizonte (29 anos) e Jijoca de Jericoacoara (25 anos). Maracanaú localiza-se na Região Metropolitana de Fortaleza e é o maior centro industrial do estado. Com uma população estimada para 2015, de 221.504 habitantes (IBGE) e, distante de Fortaleza em 18 km, a cidade possui o segundo maior produto interno bruto do estado, atrás apenas da capital, e o segundo maior produto interno bruto per capita do Ceará, atrás apenas do município de Eusébio.

Leia mais...

Compartilhar Conteúdo