Busque abaixo o que você precisa!

Fim das doações de empresas força improviso nas campanhas e enxuga gastos com marqueteiros

Candidatos à Presidência na eleição de 2014 durante um debate na TV Globo - Marcelo Carnaval/ Agência O Globo

BRASÍLIA — Marqueteiros estrelados, câmeras de última geração, helicópteros para a produção de imagens aéreas, teleprompters e grandes salários ficaram para trás na campanha municipal deste ano. As novas regras eleitorais, que proíbem doações de empresas, obrigaram prefeitos e vereadores a deixar de lado as estruturas nababescas para se adequar a um outro modelo de campanha, que começa por estabelecer um teto de gastos mais baixo para cada candidato.

Leia mais:Fim das doações de empresas força improviso nas campanhas e enxuga gastos com marqueteiros

Aproximação com Tasso – Capitão Wagner terá que refazer estratégia, diante da vice de Moroni

O prefeiturável Capitão Wagner (PR) deverá refazer a aliança, com o senador Tasso Jereissati (PSDB), visando sua campanha midiática, para prefeito de Fortaleza. Capitão Wagner precisa aumentar as suas aparições com o ex-governador Tasso Jereissati, pois sem dúvida, é o seu maior trunfo perante a opinião pública fortalezense. A formação da chapa majoritária do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do seu candidato a vice-prefeito, o deputado federal Moroni Torgan (DEM), já é motivo para que ocorra mudanças na estratégia de campanha da coligação PR-PSDB-PMDB-SD.

Leia mais:Aproximação com Tasso – Capitão Wagner terá que refazer estratégia, diante da vice de Moroni

PMDB e PT terão mais candidatos próprios nas capitais do que em 2012

 

O PMDB tenta aproveitar o impulso da chegada ao poder com o presidente interino, Michel Temer, para ampliar sua força nas maiores cidades do país nas eleições deste ano. Por isso, aumentará em um terço o número de candidatos a prefeito em capitais, em comparação com a disputa de 2012. Será a maior representação desde 1996.

Leia mais:PMDB e PT terão mais candidatos próprios nas capitais do que em 2012

348 cidades do país têm mais eleitores que habitantes

Levantamento do G1 mostra que em 348 cidades brasileiras há mais eleitores que habitantes. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e da estimativa populacional para 2015 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – os dados são os mais atualizados do instituto. Elas representam 6,2% do total de 5.568 municípios onde haverá eleição neste ano.

Leia mais:348 cidades do país têm mais eleitores que habitantes

Na televisão. Candidatos a prefeito de Fortaleza serão entrevistados

A partir de hoje, começa a série de entrevistas de candidatos a prefeito de Fortaleza no programa Jogo Político, da TV O POVO, que vai ao ar todo domingo, às 22 horas. Na estreia, o vereador João Alfredo (Psol) e o deputado estadual Tin Gomes (PHS) respondem às perguntas do o jornalista e colunista Fábio Campos.

Leia mais:Na televisão. Candidatos a prefeito de Fortaleza serão entrevistados

Compartilhe