Busque abaixo o que você precisa!

Impeachment tem ao menos 261 votos na Câmara; contrários chegam a 117

BRASÍLIA - A menos de duas semanas da data estimada para a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, 261 deputados afirmaram ao Estado que votariam a favor da abertura do procedimento e 117 se posicionaram contra. Nove não quiseram se manifestar, 55 disseram estar indecisos ou preferiam esperar a orientação partidária e 71 integrantes de 15 siglas não foram localizados. 

Leia mais...

Cid Gomes e seu tiro n'água

Ítalo Coriolano, editor-adjunto de Conjuntura / OPOVO

O ex-governador Cid Gomes (PDT) muito provavelmente sabe que seu pedido de impeachment contra o vice-presidente da República Michel Temer (PMDB) não vai resultar em nada além de breve polêmica midiática. Apesar de endereçar a documentação ao vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PMDB-MA), o destino da papelada deverá ser mesmo a mais escura das gavetas do Congresso.

Leia mais...

Lucílvio Girão comenta reportagem que critica a política enquanto profissão

Dep. Lucilvio Girão (PP)Dep. Lucilvio Girão (PP)Foto: Paulo Rocha

 
O deputado Lucílvio Girão (PP) comentou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (31/03), matéria publicada na edição do último dia 22 no jornal Diário do Nordeste, que, segundo ele, critica “parlamentares que transformam a política em profissão”. Lucílvio Girão, que foi citado na matéria, disse que “o político é escolhido pelo povo, com base no reconhecimento de seu trabalho”. Ele frisou que, se o deputado exerce mais de um mandato, é porque trabalha, “e o povo sabe disso”.

Leia mais...

Sérgio Aguiar divulga crescimento do turismo no Ceará

Dep. Sérgio Aguiar (PDT)Dep. Sérgio Aguiar (PDT)Foto: Paulo Rocha

 
O deputado Sérgio Aguiar (PDT) divulgou, no primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (31/03), números do Ministério do Turismo sobre o lucro do setor no Ceará, em 2015. O turismo de negócio no Ceará rendeu cerca de R$ 7 bilhões, incluindo passagens aéreas, hospedagem, transporte e alimentação, conforme o Ministério. Ainda de acordo com os dados, os estrangeiros que viajam pelo Brasil deixam cada vez mais dinheiro.

Leia mais...

Campanha Ceará sem Drogas mobiliza a cidade de Acaraú

Campanha Ceará sem Drogas mobiliza a cidade de AcaraúFoto: Júnior Pio

Cerca de quatro mil jovens, moradores e lideranças políticas da região de Acaraú participaram, nesta quinta-feira (31/03), da 10º edição da campanha Ceará sem Drogas. A iniciativa, idealizada pelo presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), busca conscientizar jovens cearenses sobre os malefícios do uso de entorpecentes. O evento foi realizado na quadra esportiva do Colégio Virgem Poderosa.

Leia mais...

Comitê pró-impeachment diz ter 346 votos pelo afastamento de Dilma na Câmara

O número é ligeiramente maior do que o mínimo de 342 votos que a oposição precisa para aprovar a abertura oficial do processo de impedimento da petista na Casa e enviá-lo para o Senado julgar

Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília
Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília

Brasília - A coordenação do Comitê Pró-Impeachment suprapartidário diz ter mapeado 346 votos a favor do impedimento da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. O número é ligeiramente maior do que o mínimo de 342 votos que a oposição precisa para aprovar a abertura oficial do processo de afastamento da petista na Casa e enviá-lo para o Senado julgar.

Leia mais...

'Pedaladas constituem crime grave', diz autor de pedido de impeachment

O jurista Miguel Reale Júnior, um dos autores do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, afirmou nesta quarta-feira (30), na comissão especial que analisa o processo de afastamento, que as “pedaladas fiscais” constituem “crime grave”. Ele foi chamado pelo relator do processo, deputado Jovair Arantes (PDT-DO), para detalhar à comissão as denúncias que fez contra Dilma. Também falou à comissão a advogada Janaína Paschoal, outra signatária do pedido de impeachment. “As pedaladas constituem crime e crime grave. Foram artifício malicioso para esconder déficit fiscal. E foi por via das pedaladas que se ocultaram despesas do superávit fiscal. [...]Crime aqui é eliminar as condições deste país de ter desenvolvimento, cuja base é a responsabilidade fiscal”, disse.

Leia mais...

Renan encerra sessão no Senado após bate-boca

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), encerrou nesta quarta-feira (30) sessão do plenário após bate-boca entre senadores durante a discussão da medida provisória 709, que abre crédito extraordinário para vários ministérios e autoriza transferências para estados, Distrito Federal e para municípios. O encerramento ocorreu depois de Renan já ter suspenso provisoriamente a sessão devido às discussões.

Leia mais...

Câmara aprova aumento da pena para o crime de feminicídio

Sanção será maior quando o assassinato for cometido na presença 'física ou virtual' de filhos ou de pais da vítima

O texto foi aprovado em votação simbólica e seguiu para análise do Senado 

O texto foi aprovado em votação simbólica e seguiu para análise do Senado 

BRASÍLIA - A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 30, em plenário, projeto de Lei que aumenta a pena do crime de feminicídio, homicídio cometido contra uma mulher por razões de ser do sexo feminino. O texto foi aprovado em votação simbólica e seguiu para análise do Senado Federal.

Leia mais...

Juristas que pedem impeachment falam à comissão da Câmara

BRASÍLIA - Uma das autoras do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, a jurista Janaina Paschoal abriu sua apresentação na comissão do impeachment nesta quarta-feira, 30, rebatendo a afirmação de que impeachment sem crime fundamentado é golpe. "Estamos diante de um quadro em que sobram crimes de responsabilidade", acusou Janaina, para um plenário lotado.

Leia mais...

Compartilhe