Busque abaixo o que você precisa!

‘Político não é uma criação de última hora’

Mônica Scaramuzzo, Renata Agostini, O Estado de S. Paulo

03 Dezembro 2017 | 04h00

Vale
Presidente da Vale, Fabio Schvartsman, na sede da entidade no Leblon, na zona sul do Rio Foto: FABIO MOTTA

À frente da Vale desde maio deste ano, o executivo Fabio Schvartsman vê o ano de 2018 mais volátil para o mercado financeiro por causa das eleições, mas acredita que o governo Michel Temer criou, nos últimos meses, uma composição sustentável para a melhora do ambiente econômico. Em sua primeira entrevista desde que assumiu a mineradora, Schvartsman abre a série que o Estado está fazendo com grandes empresários e executivos para discutir o País. A seguir, os principais trechos da conversa.

Leia mais:‘Político não é uma criação de última hora’

‘Quero disputar com Alckmin numa prévia justa’

Decidido a guerrear com Geraldo Alckmin pelo posto de presidenciável do PSDB na sucessão de 2018, o prefeito tucano de Manaus, Arthur Virgílio Neto, veiculou o vídeo acima no Twitter. Na peça, ele “convoca” os militantes tucanos para lutar pelo direito de votar nas prévias que o partido cogita realizar. Fez isso porque receia que a ascensão de Alckmin ao comando da legenda transforme a disputa interna num “simulacro de prévia.”

Leia mais:‘Quero disputar com Alckmin numa prévia justa’

LUCIANO HUCK - No rumo

Como Ulisses em "A Odisseia", nos últimos meses estive amarrado ao mastro, tentando escapar da sedução das sereias, cantando a pulmões plenos e por todos os lados, inclusive dentro de mim. A tripulação, com seus ouvidos devidamente tapados com cera, esforçando-se em não deixar que eu me deixasse levar pelos sons dos chamados quase irresistíveis. São meus amores incondicionais. Meus pais, minha mulher, meus filhos, meus familiares e os amigos próximos que me querem bem.

Leia mais:LUCIANO HUCK - No rumo 

O que estará em jogo em 2018

O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2017 | 03h00

Ainda é cedo para fazer a lista das pré-candidaturas à Presidência da República que ocupam as páginas dos jornais quase todos os dias e pautam acalorados debates entre os seus prosélitos nas redes sociais. Muitas não sobreviverão aos atritos do tempo. Para o grau de volatilidade da política brasileira, um ano é tempo demasiadamente longo para sustentar inalteradas as variáveis complexas do quadro partidário e eleitoral.

Leia mais:O que estará em jogo em 2018

Saiba quais são as consequências do não recadastramento biométrico

Não ocupar cargo público, deixar de receber aposentadoria ou pensão paga pelo governo federal ou ter o Bolsa Família cancelado estão entre as penalidades que recaem sobre aqueles que tiverem os títulos de eleitor cancelados por não realizarem o reconhecimento biométrico até o dia 31 de janeiro. 

Leia mais:Saiba quais são as consequências do não recadastramento biométrico

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES