Busque abaixo o que você precisa!

GILMAR VÊ LULA FORA DA ELEIÇÃO, MAS SUGERE RECURSO CONTRA PRISÃO

247 - Gilmar Mendes, ministro do do STF (Supremo Tribunal Federal), transfere nesta terça (6) a presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ao colega Luiz Fux.  Depois de quase dois anos presidindo a corte, ele diz que são remotas as chances de Lula conseguir ser candidato --mas defende o direito de o ex-presidente recorrer ao STF para evitar a sua prisão.

Leia mais:GILMAR VÊ LULA FORA DA ELEIÇÃO, MAS SUGERE RECURSO CONTRA PRISÃO

Fux assume TSE e promete lutar contra 'fake news'

Letícia Casado
BRASÍLIA

O ministro Luiz Fux assume a presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta terça (6) sob a expectativa de uma gestão mais discreta que a do antecessor, Gilmar Mendes, e com foco na aplicação da Lei da Ficha Limpa.

Por meio de sua equipe, o ministro informou que o combate a "fake news" e a organização de "caravanas" para esclarecer o eleitor sobre questões eleitorais serão prioridades de sua gestão. O mandato do ministro termina em 15 de agosto, quando será sucedido pela colega Rosa Weber, também do STF (Supremo Tribunal Federal).

Leia mais:Fux assume TSE e promete lutar contra 'fake news'

Eleição sem Lula é fraude?

Vera Magalhães, O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2018 | 05h00

Desde 24 de janeiro, os defensores do ex-presidente Lula mudaram o disco da cantilena, segundo a qual não existem provas contra ele nos vários e diversificados processos aos quais responde, para outra segundo a qual as eleições de outubro, sem o petista na cédula, não serão legítimas.  Trata-se de uma afirmação, repetida com diferentes graus de histeria, que zomba das leis, da Justiça e do próprio passado não tão remoto de ditaduras do Brasil.

Leia mais:Eleição sem Lula é fraude?

emer anuncia criação de documento digital para substituir título de eleitor

Gustavo Uribe
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer assinou decreto nesta segunda-feira (5) para criação de um documento nacional de identificação, o DNI. Ele dispensará a utilização do título de eleitor, do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e das certidões de nascimento e de casamento. O documento digital terá validade em todo o território nacional e poderá ser obtido por meio de aplicativo gratuito em celulares e tablets, chamado "DNI".

Leia mais:emer anuncia criação de documento digital para substituir título de eleitor

Política e eleições

* Fernando Henrique Cardoso, O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2018 | 05h00

O País vive dias politicamente agitados. Mas para quem imaginava que uma segunda condenação de Lula levantaria as massas em protesto, o pós-julgamento, independentemente de se estar ou não de acordo com o veredicto, foi decepcionante. Na verdade, a maioria da população continuou imersa no dia a dia. A fagulha que viria dos “movimentos populares” não veio. O que não quer dizer que no transcorrer do tempo, por outras razões e pelas consequências da eventual prisão de Lula, o ânimo das pessoas não possa levá-las às ruas.

Leia mais:Política e eleições

Compartilhe

WPROO | CRIAÇÃO DE SITES