Busque abaixo o que você precisa!

PCdoB é contra as medidas de combate à violência adotadas pelo Executivo

O novo líder do PCdoB, deputado Orlando Silva (SP), quer reforçar a oposição do partido ao governo Temer. O parlamentar se diz contrário, por exemplo, às medidas de combate à violência adotadas pelo Executivo, que, em sua opinião, estão muito focadas na repressão.

Orlando Silva destaca a importância da garantia de direitos, além da urgência em se criar um sistema nacional de segurança para coordenar as operações entre estados e municípios:

"Segurança pública é importante, mas não pode ser apenas aumentando a repressão, modificando o Código Penal. É necessário pensar a segurança pública de modo amplo, pensar em um sistema nacional de segurança pública, em um financiamento para estados e municípios atuarem no campo da segurança pública, na garantia de direitos para que a população possa ter uma vida saudável e não ser seduzida pelo mundo do crime."

O líder Orlando Silva fala de outras prioridades para o PCdoB:

"Interessa ao PCdoB discutir medidas para retomar o crescimento econômico com a participação do Estado e estimulando também para que o setor privado possa agir para gerar emprego e renda. Ao mesmo tempo, medidas que permitam melhor equilíbrio das contas dos municípios e dos estados."

Nascido em Salvador (BA), Orlando Silva está em seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados. Ele foi ministro do Esporte durante parte dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, entre 2006 e 2011. O parlamentar substitui a deputada Alice Portugal (BA) na liderança do PCdoB.

Reportagem - Emanuelle Brasil / AGÊNCIA CÂMARA

Compartilhe