Busque abaixo o que você precisa!

O exemplar caso de rearranjo eleitoral em Sobral

A nova realidade financeira e, consequentemente, política no interior do Estado do Ceará tem mudado o cenário de forças opositoras históricas. Um dos casos mais emblemáticos é em Sobral. O ex-vereador Marco Prado (DEM), opositor ferrenho aos Ferreira Gomes durante anos, anunciou nos últimos dias apoio ao candidato Ivo Gomes (PDT) à Prefeitura do município.

 

Até os últimos momentos de anúncio da chapa majoritária, se cogitava que Prado complementasse a candidatura de Ivo como vice. A novidade tem rendido críticas de seguidores do ex-parlamentar que concorreu pelo PSDB ao governo municipal em 2012 atingindo 6,28% dos voos válidos.

 

“É incrível como a política a cada dia que passa dá mais nojo. Quem era Marco Prado há alguns anos... Odiava os Ferreira Gomes, e hoje estão juntos”, criticou um internauta na página oficial do democrata. “É muito triste saber que o Marco Prado mudou dessa maneira, indo para o lado de pessoas que eram oposição, é lamentável demais”, comentou outra seguidora do candidato a vereador.

 

Outro caso é o resultado de uma aliança costurada pelo governador Camilo Santana (PT) que uniu uma rivalidade de 24 anos no município de Quixadá. Disputando em lados opostos desde 1992, o ex-prefeito Ilário Marques (PT), e atual candidato à gestão municipal, conseguiu o apoio do ex-opositor, o deputado estadual Osmar Baquit (PSD) — que era filiado ao PSDB.

 

Ao O POVO, o petista justificou a aliança em razão de um apelo do governador para união entre parlamentares da base. “O acordo é pela conjuntura política que começou em 2014 com a campanha do Camilo Santana para governador. E ele fez um apelo à base para que todos os deputados estaduais aliados, Bruno Gonçalves, Leonardo Pinheiro, Osmar Baquit e Rachel Marques, se unissem. Até porque aqui vamos disputar contra o PMDB, PSDB e DEM”.

 

O POVO procurou o ex-parlamentar Marco Prado e o deputado estadual Osmar Baquit para comentar a nova conjuntura política, mas não obteve sucesso nas chamadas por telefone. (Wagner Mendes) OPOVO

Compartilhar Conteúdo