Busque abaixo o que você precisa!

Bondinho de Ubajara está pronto, mas aguarda licença para reabrir, diz Camilo Santana

Bondinho de ubajara

Mesmo com as obras de revitalização concluídas, o bondinho de Ubajara, ponto turístico da região da Serra da Ibiapaba, segue sem funcionar. Conforme o governador do Estado, Camilo Santana (PT), o teleférico está pronto, mas aguarda licença para voltar a operar.

"O bondinho está pronto, nós estamos apenas aguardando a licença de operação do ICMBio. Está lindo o bondinho! Cabines novas, modernas. Nós iluminamos a gruta. Estou ansioso para entregar essa obra", disse o gestor nesta terça-feira (14), durante a transmissão semanal que faz nas redes sociais. 

Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o órgão recebeu a solicitação da Licença de Operação (LO) em agosto, e tem previsão de concluir a análise até a metade do mês de outubro.  

O equipamento, localizado no Parque Nacional de Ubajara, uma Unidade de Conservação Federal de Proteção Integral, é administrado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur). Já o parque é de responsabilidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A reportagem entrou em contato com o ICMBio sobre o andamento da entrega da licença e aguarda resposta. 

Em abril, o presidente Jair Bolsonaro oficializou a inclusão do parque no Programa Nacional de Desestatização (PND). A unidade se junta ao Parque Nacional de Jericoacoara, já presente no programa que visa conceder à iniciativa privada parques e unidades de conservação. 

Além de Ubajara, outros oito parques também foram inclusos no PND, "para fins de concessão para prestação dos serviços públicos de apoio à visitação, com previsão do custeio de ações de apoio à conservação, à proteção e à gestão".

TELEFÉRICO EM JUAZEIRO

No domingo (12), o governador informou que outro teleférico do Estado está com 80% da execução das obras concluídas. Com cabines climatizadas, o bondinho do Horto, em Juazeiro do Norte, deve ser entregue até o fim de 2021

O equipamento deve fazer o percurso de dois quilômetros entre as estações Romeiros (inferior) e Horto (superior), a uma altura de 200 metros. A ideia é que, nos 7 minutos e 30 segundos de trajeto, turistas tenham uma vista privilegiada de Juazeiro do Norte e da Chapada do Araripe. DIARIONORDESTE

Compartilhar Conteúdo