Busque abaixo o que você precisa!

Divisão política está sedimentada na sociedade

Por Merval Pereira / O GLOBO

 

 

O livro Biografia do Abismo, dos jornalistas Felipe Nunes e Thomas Traumann analisa a divisão política na sociedade brasileira e os autores acham que ela já está calcificada - não é mais polarização, é uma calcificação. Eles identificam na sociedade uma posição já sedimentada, não acreditam que haja mais espaço para que um centro político, uma terceira via possa se apresentar ao eleitorado brasileiro.

 

Segundo eles, em 2026 vai continuar a disputa entre os dois lados – o PT e o anti PT, representado ultimamente pelo grupo político do ex-presidente Bolsonaro- como foi em 2018 e 2022. A sociedade brasileira está isolada dentro desses grupos. Não há troca de opinião entre eles, e sim informação que um e outro grupo acreditam ser a correta. Há, entretanto, uma fatia pequena que deu a vitória a Lula na última eleição que pode mudar de lado, definindo o resultado. Mas será sempre uma vitória apertada, que não vai superar esta polarização, já sedimentada na sociedade e nas relações pessoais.

 

Biografia do Abismo é um livro muito interessante, baseado em pesquisas e análises específicas, que mostra que nosso futuro como sociedade está ameaçado por esta calcificação de posições que impede a troca de ideias e que alguma ideia nova penetre em ambos os grupos - o que é muito ruim para nós como sociedade.

 

Outro fator importante destacado no livro é que esta divisão tem muito mais a ver com valores de família e pessoais do que com modelo econômico ou político na acepção da palavra.

Compartilhar Conteúdo