Busque abaixo o que você precisa!

Assembleia Legislativa anuncia novos membros da Comissão da Saúde

Assembleia Legislativa anuncia novos membros da Comissão da Saúde

 
A Assembleia Legislativa anunciou na tarde desta quinta-feira (18/02) durante sessão plenária remota e presencial, os membros titulares e suplentes da Comissão de Seguridade Social e Saúde (CSSS).

O deputado Guilherme Landim (PDT) foi eleito presidente da comissão e a deputada Augusta Brito (PCdoB), vice-presidente. Os outros membros são os deputados Elmano Freitas (PT), Lucílvio Girão (Progressistas), Dra. Silvana (PL), Agenor Neto (MDB) e Fernanda Pessoa (PSDB).

Como membros suplentes do colegiado foram designados os deputados: Queiroz Filho (PDT), Carlos Felipe (PCdoB), Acrísio Sena (PT), Fernando Hugo (PP), David de Raimundão (MDB) e Oriel Nunes Filho (PDT).

O deputado Guilherme Landim agradeceu a confiança dos membros da comissão, do partido dele e do presidente da Casa, deputado Evandro Leitão (PDT). Ele ressaltou o trabalho realizado pela deputada Dra. Silvana (PL), que esteve à frente da Comissão de Saúde nos últimos dois anos, e disse que vai estar sempre à disposição do povo cearense. "Nesse momento tão difícil pretendo contribuir para vencermos juntos essa pandemia", afirmou. 

O deputado Carlos Felipe também parabenizou Dra. Silvana pelo trabalho à frente da comissão e disse que o novo presidente tem grandes desafios. Ele ainda destacou o fortalecimento da regionalização da saúde, a realização de concursos e seleções públicas na área e o aumento no valor do repasse de recursos por clínicas dos Hospitais Polo.

A deputada Fernanda Pessoa também destacou o trabalho de Dra. Silvana e disse que a comissão tem o papel fundamental nesse momento de pandemia ressaltou a necessidade de melhores condições para combater o avanço da Covid-19 em Fortaleza e munícipios da Região Metropolitana.

O deputado Lucílvio Girão destacou a previsão de chegada de mais um lote de vacina contra a Covid-19 no final do mês e outro no começo de março para conter o avanço da doença, mas lembrou que não se pode cancelar todas as cirurgias eletivas por conta da pandemia, pois há casos que precisam de urgência como câncer de próstata, vesícula, hérnia e outras patologias que podem também causa a morte do paciente.

Já o deputado Renato Roseno (Psol) pediu também o empenho da comissão para acompanhar a imunização no Estado.

WR/LF

Compartilhar Conteúdo